Como Evitar o Mau Hálito 0 (0)

Como Evitar o Mau Hálito 0 (0)

Experimente estes simples passos para manter a sua boca limpa e fresca e melhore o seu hálito mantendo os dentes e as gengivas saudáveis.

1. Escove e use o fio dental com mais frequência

Placa bacteriana, que é o acúmulo pegajoso em seus dentes, é um terreno férfil de bactérias que causam mau hálito. Restos de alimentos também contribuem para o problema.

Escove os dentes pelo menos duas vezes por dia e use o fio dental pelo menos uma vez também ao dia. Se você estiver preocupado com o seu hálito, faça as duas coisas com mais frequência diariamente mas no entanto não exagere as coisas, pois escovação em excesso pode desgastar os dentes tornando-os vulneráveis ​​à deterioração.

2. Enxague bucal

Além de refrescar o seu hálito, o bochecho adiciona proteção extra por se livrar de bactérias.

Um sabor mentolado fresco pode fazer você se sentir melhor.

Mas tenha certeza de que o enxaguatório bucal que você escolher mata os germes que causam mau hálito, pois não basta eliminá-lo somente pois até uma simples bala de hortelã resolve isso.

O ideal é lavar diariamente com um bom anti-séptico bucal para combater o mau hálito na sua fonte.

Você também pode melhorar o hálito se você enxaguar a boca com água depois de se alimentar. Isso pode remover as partículas de alimentos que ficam presas nos seus dentes.

3. Raspe a sua língua

O revestimento que normalmente se forma na sua língua pode ser um perfeito oásis para as bactérias que causam mau hálito. Para se livrar delas escove suavemente a língua com a sua escova de dentes.

Se o seu pincel é grande demais para chegar confortavelmente à parte de trás de sua língua, tente um raspador.

Eles são projetados especificamente para ser aplicado sob pressão em toda a superfície da área da língua. Isso remove bactérias, restos de comida e células mortas que somente a escovação não pode resolver.

4. Evite alimentos que azedam o seu hálito

Alhos e cebolas especialmente, são saudáveis e muito importantes na dieta para a saúde geral do organismo, pois possuem ação fungicida e antioxidante dentre diversos outros benefícios, porém, eles são grandes criminosos para pessoas suscetíveis a desenvolverem mau hálito permanente, onde nem sempre escovar os dentes depois de comê-los ajuda.

As substâncias que causam o mau hálito fazem o seu caminho em sua corrente sanguínea e viajam para os pulmões, onde o ar é devolvido pra fora.

Então neste caso, qual seria a melhor alternativa para evitar o mau hálito?  Simplesmente não comê-los, ou pelo menos evitá-los antes de ir para o trabalho ou ver os amigos.