amil-dental-kids-capa-do-plano

Amil Dental Kids, plano odontológico infantil a partir de R$ 38,25 /mês.

Carência de apenas 24 hrs e desconto de 15% no cartão de crédito ou boleto à vista.

O Plano Amil Dental Kids oferece cobertura integral para o rol de procedimentos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e mais procedimentos extras, nas seguintes especialidades:

Cobertura total e integral para todos os procedimentos do Rol ANS

  • Urgência/Emergência;
  • Consultas;
  • Limpeza, prevenção e aplicação de flúor (profilaxia);
  • Raios X (panorâmicos e periapicais);
  • Tratamento de gengiva (periodontia);
  • Tratamento odontológico para crianças (odontopediatria);
  • Restaurações (dentística);
  • Cirurgias e extrações (incluindo o dente do siso/incluso);
  • Tratamento de canal (endodontia);
  • Próteses (conforme Rol de Procedimentos vigentes na ANS);
  • Ortodontia (instalação de aparelho e doc. ortodôntica básica);
  • Aditivo SOS Dental – Atendimento Domiciliar – 24h para urgências odontológicas.

 

Diferenciais exclusivo para Clientes Amil Dental Kids

  • Programas periódicos de prevenção e promoção da saúde bucal para crianças;
  • Atendimento domiciliar onde haver rede credenciada em caso de emergência/ urgência (SOS Dental);
  • Sem limite de utilização;
  • Teleatendimento 24 horas por dia;
  • Aprovação online dos tratamentos cobertos;
  • Clínicas de urgência 24h;
  • Carteirinha virtual;
  • Carência de apenas 24h para pagamentos no cartão de crédito ou boleto anual (após confirmação do pagamento do boleto).

 

CONHEÇA AQUI todas as coberturas do contrato

CONHEÇA O ADITIVO SOS DENTAL AQUI

 

Observação : a criança deverá ter CPF próprio. Caso não possua, a sugestão é obter nos correios, onde o número é gerado na hora, desde que o responsável legal esteja munido com documento próprio (RG) original e certidão de nascimento original do filho.

Amil Dental Kids possui cobertura para odontopediatria e para os demais procedimentos cobertos em todo o território nacional, com mais de 42 mil opções de atendimento no Brasil.

CHAME O CORRETOR e saiba quais são os profissionais mais próximos de você.

Para o seu filho ter saúde total ele precisa estar em dia com a saúde dental. Além disso, ter um sorriso bonito e saudável eleva a autoestima da criança. Veja alguns diferenciais do plano odontológico infantil Amil Dental Kids:

 

  • Procedimentos extras, além do rol da ANS (Agencia Nacional de Saúde Suplementar), incluindo documentação ortodôntica básica e instalação do aparelho fixo;
  • SOS Dental (atendimento Domiciliar em caso de urgência/emergência);
  • Contratação totalmente online, rápida e sem burocracia;
  • Mais de 42 mil opções de atendimento em todo o Brasil;
  • Teleatendimento 24 horas por dia;
  • Autorização imediata dos tratamentos cobertos;
  • Clínicas de urgência 24 horas;
  • Carteirinha Virtual;
  • As melhores condições de pagamento! Você escolhe como quer pagar: Boleto à vista ou Cartão de crédito em até 12 parcelas, com 15% de desconto e isenção de carências ou ainda, através de boleto mensal.

Somente a Amil Dental possui 3 formas de pagamento do seu plano odontológico infantil :

 

  • Boleto à vista – R$ 459,00 – com 15% de desconto e carência de apenas 24h para todos os procedimentos cobertos – o valor é referente a 12 parcelas iguais de R$ 38,25 /mês.
  • Cartão de Crédito – R$ 38,25 /mês, nas bandeiras Mastercard e Visa, com 15% de desconto e carência de apenas 24h para todos os procedimentos cobertos  parcelamento em 1,2,4,6 ou 12 vezes sem juros com vencimento na data da fatura do cartão de crédito.
  • Boleto mensal  – R$ 45,00 /mês – com cumprimento normal de carências.  Confira nas tabelas abaixo :

BOLETO À VISTA

/ por pessoa
R$ 459,00*/À VISTA
  • Valor com 15% de desconto + carência de 24 horas para todos os procedimentos cobertos;

  • Urgência e emergência, documentação ortodôntica, consultas e diagnósticos, odontologia preventiva e radiologia;
  • Dentística, ortodontia (aparelho + documentação básica + instalação de aparelho fixo), cirurgias e disfunção temporomandibular;
  • Periodontia (tratamento de gengiva) e endodontia (tratamento de canal)
  • Prótese unitária (conforme RN 211)
  • Cobertura integral do Rol da ANS (RN 211) e mais 93 novos procedimentos.
  • Cobertura nacional.
  • *O valor é referente a 12 parcelas de R$ 38,25.

BOLETO MENSAL

/por pessoa
R$ 45,00/mês
  • 24 horas – Urgência e emergência; 
  • 30 dias – Consultas, diagnóstico, odontologia preventiva e radiologia; 
  • 60 dias – Dentística, ortodontia (aparelho + documentação básica + instalação de aparelho fixo), cirurgias e disfunção temporomandibular;
  • 90 dias – Periodontia (tratamento de gengiva) e endodontia (tratamento de canal);
  • 180 dias –  Prótese (conforme RN 211). 
  • Cobertura integral do Rol da ANS (RN 211) e mais 93 novos procedimentos.
  • Cobertura nacional.

APLICATIVO AMIL CLIENTES NO SEU CELULAR

Após contratar o plano odontológico baixe o aplicativo para ter acesso a maiores facilidades para melhor aproveitamento dos benefícios do seu plano :

app-amil-Iphoneapp-amil-google-play

Amil Dental Kids, o primeiro plano odontológico do seu filho

A Odontopediatria é a especialidade que cuida da saúde bucal do seu filho desde a amamentação. Com o plano odontológico infantil Amil Dental Kids, você conta com os melhores especialistas da área e uma cobertura perfeita para o seu filho sorrir desde os primeiros meses de vida.

Saúde bucal na gestação

GESTAÇÃO E A SAÚDE BUCAL

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP

Futura mamãe

A gestação é uma época especial para que você mantenha os cuidados com sua saúde bucal, não apenas por você, mas também para que seu filho desenvolva uma dentição perfeita e saudável. As estruturas bucais do bebê iniciam sua formação já nas primeiras semanas de vida no útero materno.

Mitos

Existem alguns mitos sobre a saúde dental na gestação. O principal deles é que a gravidez aumenta o número de lesões de cárie e problemas na gengiva. Isso não será verdade absoluta se você mantiver alguns cuidados básicos, com uma alimentação equilibrada, boa higiene bucal e receber cuidados profissionais periódicos. Tais medidas são fundamentais para uma boa saúde bucal. Geralmente o aumento do número de lesões de cárie e o sangramento da gengiva estão relacionados à alteração na dieta, com maior consumo de “guloseimas”, e a presença da placa bacteriana, pela limpeza inadequada dos dentes e da gengiva nessa época. Apesar de haver algumas modificações no tecido gengival, em função das alterações hormonais, isso só interferirá se já existirem problemas gengivais prévios à gestação.

Alimentação Equilibrada

É importante que a futura mamãe tenha uma dieta equilibrada, rica em vitaminas (especialmente A, C e D) minerais (cálcio e Fosfato) e proteínas, já que os dentes do seu bebê estão em formação. O cálcio para o bebê provém da sua alimentação e, quando ela for inadequada, virá de reservatório nos seus ossos.

Higiene bucal

A placa bacterina sobre os dentes e gengiva pode levar à formação de cáries e doenças gengivais. Estas são doenças multifatoriais onde a higiene bucal realizada adequadamente com uma escova dental macia, dentifrício dental (creme dental) com flúor e fio dental desempenha importante papel na prevenção. Se você observar algum ponto de sangramento na gengiva, isso pode ser um sinal de doença (Gengivite). Procure limpar melhor essas regiões e sempre consulte um dentista para lhe orientar.

Cuidados profissionais

A gestante poderá receber tratamento odontológico em qualquer época da gestação, de acordo com a avaliação do obstetra e do dentista. Preferencialmente, o segundo trimestre (3 a 6 meses) é o mais recomendável, pois nessa fase a gestação já se encontra num período de maior estabilidade. As radiografias devem ser evitadas nos três primeiros meses. Quanto aos anestésicos, o dentista ou se médico irão determinar o mais indicado. Visite regularmente o dentista para que ele possa fazer o diagnóstico precoce de qualquer problema e orientações quanto aos procedimentos preventivos. Importante: • Por volta do sétimo mês de gestação, procure orientar-se com o Odontopediatra sobre como cuidar da saúde bucal do bebê. Isso poderá incluir orientações quanto à amamentação, higiene, erupção dos dentes, uso do flúor, emprego de chupetas e a primeira visita do bebê ao dentista. • As orientações recebidas devem continuar após o nascimento de seu bebê. • Lembre-se que os hábitos que você adquirir será exemplo para seu filho.

A primeira dentição

A PRIMEIRA DENTIÇÃO

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP

Nascendo os dentinhos – orientações à mãe

A gengiva do bebê pode apresentar sintomas como irritação, estado febril e desconforto em geral. Podem ocorrer fezes mais líquidas e outros. Para aliviar o desconforto, o bebê pode usar mordedores de borracha para massagear a gengiva. O bebê poderá apresentar alguns sintomas passageiros, antes ou durante a erupção dental. Esses sintomas podem aparecer juntos ou isoladamente. São eles: • Salivação aumentada, • Agitação do bebê durante o sono e às vezes diarreia; Outras infecções não estão relacionadas diretamente com o nascimento dos dentinhos do seu filho, podendo aparecer por coincidência.

A ordem em que os dentes de seu bebê aparecem

Algumas crianças já nascem com o dentinho de “leite” (dentição decídua), chamados dentes natais ou neonatais. As mamães não devem ficar apavoradas com isso, devendo procurar um odontopediatra para melhor orientá-las, até mesmo para não ter desconforto durante a amamentação de seu filho. arcada dentária Por volta dos seis meses de idade podem surgir os primeiros dentinhos que são os incisivos centrais inferiores, depois em ordem crescente: • Os incisivos centrais superiores; • Os incisivos laterais inferiores (por volta dos 11 meses de idade); • Os incisivos laterais superiores (por volta de 1 ano e 2 meses de idade). Seguem-se os primeiros molares decíduos, os caninos e os segundos molares decíduos. Em geral, aos 2 anos e meio, seu filho (a) terá todos dentes “de leite”(dentição decídua). Esta cronologia não é fixa nas crianças e podem ocorrer variações sem que isto signifique um problema. Importante Assim que nasce o 1º dentinho de seu filho é preciso sempre higienizá-lo. O seu Odontopediatra dará todas as orientações necessárias!

Os alimentos e a saúde bucal

DIETA ALIMENTAR E A SAÚDE BUCAL

CULTIVANDO BONS HÁBITOS

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP Prezados Pais ou responsáveis, Você sabia que a alimentação já é importante desde a fase intrauterina para a formação de dentes saudáveis? O paladar de uma criança começa a se desenvolver por volta do 5º mês de vida intrauterina. Se a gestante tiver o hábito de consumir doces em excesso, existirá maior probabilidade do bebê já nascer com preferência por esses alimentos. Mães que ingerem alimentos saudáveis, com uma boa quantidade de proteínas (carnes, ovos, leite), vitaminas (frutas, legumes, verduras) sais minerais (flúor, cálcio, sódio, potássio) e moderada quantidade de gorduras e carboidratos (açúcar, pães e massa em geral), tendem a ter filhos com uma dentição mais saudável. Diante deste fato, temos que orientar as futuras mamães para uma convivência saudável com o açúcar! A cárie de mamadeira apresenta um desenvolvimento rápido e está associada ao uso prolongado de leite ou líquidos (chá, sucos) açucarados na mamadeira. Portanto, se o seu filho faz uso frequente de mamadeira açucarada no período noturno, procure eliminar esse hábito. Não leve seu filho para a cama com a mamadeira, pois ele irá associar o sono com a alimentação. Dos 6 aos 12 meses em geral, ocorre o desmame. Assim que os dentes de leite nascem, é desejável que a criança já tenha deixado à alimentação noturna. Caso isto não ocorra, tente substituir o seio ou a mamadeira de leite pela a água e diminua gradativamente a quantidade ingerida até que a criança deixe esse hábito, em função da saúde dental. Quando o bebê passar a fazer as refeições juntamente com toda a família procure, você mamãe e você papai dar bons exemplos de alimentação ao seu filho. A educação tem fundamento importante pelo exemplo dos pais e familiares. Lembre-se mamãe, na escola seu filho pode trocar lanches, ganhar balas, chicletes, além das festas de aniversário, onde é difícil ser controlado, portanto o cultivo de bons hábitos familiares é fundamental. Procure dar guloseimas apenas como sobremesa ou escolha o sábado ou domingo para o “dia da guloseima”, será um dia especial e diferente! Você poderá ajustar esta data nos finais de semana, em festas ou restaurantes, sendo recomendável: balas esporadicamente (1 vez por semana), chicletes (1 vez cada 15 dias), chocolates nos domingos, etc. E lembre-se , é recomendável a higienização logo em seguida da ingestão destas guloseimas!

Amamentação Benefícios do leite materno

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP O leite materno é um composto natural e completo, que possui todas as substâncias necessárias para os recém-nascidos, protegendo de doenças causadas por vírus e bactérias e ainda possui os nutrientes necessários para o seu crescimento até o sexto mês de vida. A amamentação materna exercita a musculatura facial responsável pela mastigação, a articulação da maxila e mandíbula e temporomandibular. Durante a amamentação, ocorrem estímulos constantes, promovendo o crescimento da mandíbula contribuindo para a posição ideal e para erupção dos dentes decíduos. A amamentação no seio materno previne a “Síndrome do Respirador Bucal”.

Aleitamento Artificial – Mamadeiras

Os argumentos mais comuns para a interrupção do aleitamento são “leite fraco ou insuficiente” para saciar o bebê. Existem razões mais concretas para o não aleitamento, que podem estar relacionadas a outros riscos para os bebes. Como exemplo, podemos citar situações onde as mães contraíram doenças transmissíveis ou portadoras de vírus da Hepatite, AIDS e etc. Quando o aleitamento artificial é inevitável, o ritual da mamadeira deve ser o mais parecido possível com o da amamentação natural. As orientações sobre o tipo de bico da mamadeira a ser utilizado, posicionamento da criança durante a amamentação, limpeza destes utensílios, dentre outras, em geral serão dadas pelo Odontopediatra e médico Pediatra.

Desmame da Mamadeira

A retirada da mamadeira deverá acontecer de forma gradativa e progressiva a partir do sexto mês e o Odontopediatra e o Médico Pediatra tem importante papel nestas orientações, prazos recomendados e a introdução gradativa de novos alimentos com consistências variadas. A eliminação completa da mamadeira noturna deve ocorrer, preferencialmente, antes da erupção dos dentes de leite. Atenção: na mamadeira noturna, o leite não deve ser adoçado e nem complementado com farelos a base de amido de milho e outros (apresentam alto teor de açúcar). Se criança não conhece o sabor do açúcar não sentirá sua falta, apreciando o sabor natural dos alimentos e neste caso, do leite.

Uso da chupeta

O hábito de sucção faz parte de uma das fases da criança, conhecida como fase oral. Para criança, a sucção é importante, pois tem impactos emocionais, psicológicos e nutricionais. A chupeta deve ser utilizada quando necessário, procurando evitar que se transforme em um hábito. É muito importante que a mãe saiba o momento certo de oferecer. Quando a criança adormecer, a mãe deve retirar a chupeta. Deve-se evitar a chupeta penduradas na roupa da criança o tempo todo. A remoção do hábito da chupeta é recomendada que ocorra até dois anos de idade. Porém algumas crianças tem uma necessidade de um elemento de transição, por exemplo, bichinho de pelúcia ou outro brinquedo preferido além do afeto, aconchego, segurança e companhia. No condicionamento da criança, sempre tentar prevalecer o “ganho” e não a “perda”.

Por que procurar um odontopediatra ?

PORQUE PROCURAR UM ODONTOPEDIATRA?

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP A Odontopediatria é a especialidade da Odontologia que estuda e cuida da primeira fase de formação e desenvolvimento dos dentes e do complexo orofacial. É fundamental importância que o primeiro contato da criança com a Odontologia seja com um Odontopediatra.

Qual é o momento apropriado da 1º visita da futura mamãe ao Odontopediatra e por quê?

O ideal é que a gestante procure o Cirurgião Dentista para uma avaliação e tratamento antes do nascimento de seu bebê. Ela será acompanhada durante a gestação, pois algumas infecções bucais podem ser fatores de risco para complicações obstétricas (comprometimento da saúde da gestante do bebê).

Qual a importância de procurar um especialista em Odontopediatria?

A mão que leva seu filho nos primeiros meses de vida ao Odontopediatra receberá orientações específicas: • Aleitamento materno, amamentação, dieta e mastigação; • Características bucais do recém-nascido, erupção dos dentes e hábitos bucais; • Higiene bucal; • Traumatismo dental, entre outras. • A criança que visita o Odontopediatra regularmente terá menor probabilidade de desenvolver lesões de cárie e caso haja necessidade de intervenção, esta será mais tranquila. O condicionamento ao ambiente do consultório como uma rotina e não num momento de necessidade é muito importante sob o aspecto psicológico e emocional da criança e de sua família. Nas consultas odontológicas é recomendado que não houvesse muitos acompanhantes, sendo necessária a presença dos pais ou responsáveis. Os cuidados da infância dependem diretamente do envolvimento de todo o núcleo familiar para mudança de hábitos e a opção por um estilo de vida mais saudável!

O aleitamento materno

O leite materno é o melhor alimento infantil. Ele auxilia no crescimento e desenvolvimento dos dentes, ossos e músculos da face. De acordo com a Organização Mundial da Saúde é fundamental o aleitamento exclusivo até os seis meses, a alimentação passa a ser completada conforme a orientação do médico pediatra.

O que se deve saber sobre os hábitos de sucção?

• Chupeta: se utilizada, deve ser de maneira racional, caso contrário poderá trazer prejuízos para o desenvolvimento e crescimento dos maxilares. O tipo indicado é a ortodôntica e de silicone com especificação de acordo com a faixa etária e a indicação de seu Odontopediatra. • Sucção do dedo(s): O Odontopediatra orientará sobre este hábito que pode ser tornar prolongado e de difícil remoção.

Porque é importante respirar pelo nariz?

A respiração nasal favorece o crescimento e o desenvolvimento da face e dos arcos dentários. Os respiradores bucais podem apresentar alterações no desenvolvimento orofacial. A avaliação da saúde bucal, em alguns casos é multidisciplinar, envolvendo Odontopediatras, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, pediatras, alergologista, otorrinolaringologistas.

Como reagir diante de um acidente de traumatismo dental?

Levar a criança o mais rápido possível para o atendimento odontológico, com o fragmento dental acondicionado em um frasco com soro fisiológico, água ou leite para a avaliação do Odontopediatra.

Higiene bucal

Deve iniciar desde o nascimento dos primeiros dentes, devendo ser escovados pelos pais/ e ou responsáveis após as mamadas e/ou alimentação durante todo o desenvolvimento infantil até por volta dos sete anos. Após esta fase a criança ainda necessita da supervisão do adulto.

O Odontopediatra orientará quanto

• A técnica de escovação • O tipo de escova • O tipo de creme dental • O uso de fio dental • Aplicação do Flúor

Alimentação

Os açucares refinados sob qualquer forma como doces, refrigerantes, gomas de mascar, chás e achocolatados, balas, mel e outros contribuem para a formação da placa bacteriana e podem desencadear o processo carioso.

Cronologia de erupção

Os primeiros entes decíduos erupcionam por volta dos seis meses de idade e os primeiros dentes permanentes por volta dos eis anos, Os primeiros molares permanentes erupcionam atrás do ultimo molar decíduo e não substituem nenhum dente decíduo merecendo atenção especial com os cuidados da higiene bucal.

Tratamento endodôntico (de canal)

Os dentes decíduos têm estruturas semelhantes às dos dentes permanentes e necessitam dos mesmos cuidados. Lesões extensas de cárie podem antecipar a perda do dente decíduo prejudicando o espaço para o futuro dente permanente podendo ocorrer a necessidade de tratamento de canal dos dentes de leite. É fundamental a avaliação do tratamento endodôntico para que o foco da infecção seja removido e o dente possa cumprir sua função até a erupção do dente permanente.

A criança e o consultório

SUCESSO E ABORDAGENS NO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO INFANTIL

Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo Especialista em Odontopediatria Consultora Científica do Amil Dental Kids CRO 58504 – SP O sucesso do tratamento odontológico de seu filho (a) depende e muito de você mamãe e papai, influenciadores diretos na mudança de hábitos e estilo de vida! Não bastam os cuidados profissionais na clínica odontológica. As orientações recebidas durante o tratamento de seu filho devem ser mantidas em casa. A escovação e o fio dental devem ser rotinas básicas para que seu filho permaneça com o sorriso sadio. Por isso não desamine! Mesmo que ele não goste de escovar, insista e transforme a hora da higiene bucal um momento de descontração e atividades divertidas! Assim você estará oferecendo o melhor para ele e permitindo a prevenção de problemas odontológicos e principalmente, contribuindo para a saúde bucal e geral.

Durante o tratamento

Se o seu filho chorar ou não quiser permanecer na cadeira odontológica, não se preocupe. Não podemos esperar que uma criança, em especial os de faixa etária mais baixa, fique quieta e de boca aberta desde a primeira consulta. Na infância, as crianças em geral têm muita energia e precisam liberar de alguma forma. O choro é uma forma de a criança liberar as suas tensões em experiências novas. Além disso, como forma de fugir a uma situação desconhecida elas podem utilizar alguns meios como: tosse, vômito, etc. Não se preocupe, pois o Odontopediatra sabe como lidar com isto. Acredite no fato de sabemos como lidar com as reações do seu filho e nunca brigue com ele durante o tratamento por ele não estar cooperando. Só fale com a criança se solicitada pelo dentista e procure falar coisas agradáveis como: animais estimações, brinquedo favorito, histórias, etc.. Devemos procurar não associar o momento da consulta odontológica com o medo. A criança é muito esperta! Nunca engane quando for trazê-la ao consultório, pois ela poderá perder a confiança em você. Diga que vai levá-la ao dentista, porque o dentista é seu amigo e quer cuidar dos dentinhos dela com amor e carinho. Procure não propor acordo com criança oferecendo presentes pela melhora do comportamento. Se prometer alguma coisa, não envolva a situação odontológica para não prejudicar o andamento o tratamento e o condicionamento as consultas odontológicas. A criança precisa de segurança para se sentir tranquila. Não devemos neste sentido utilizar de comentários desagradáveis (que possam ter ocorrido com você ou outras pessoas durante tratamento odontológicos). Procure associar somente experiências positivas. Você também é importante na construção da imagem do Odontopediatra como um amigo: • É bom não usar frases com “agulhas”, “picadas”, “sangue”. • Não diga: “pare de gritar, pare de chorar, não vai doer, não vai te machucar.” Encoraje a criança. • Nunca a amedronte com as expressões como: “… eu vou levar você para o dentista te aplicar uma injeção”. • Durante o tratamento, a mãe e/ou pai pode permanecer com a criança até 3 anos de idade, pois ela necessita da presença para se sentir tranquila. À medida que ela vai crescendo, oi pais podem ser encaminhados para a sala de espera, conforme a decisão do dentista. Na visita odontológica é melhor e recomendado que não haja muitos acompanhantes. Importante: A consulta de retorno de acordo com as orientações do Odontopediatra é fundamental! A ações na prevenção e manutenção da saúde bucal são indispensáveis para a saúde geral! O sorriso de seu filho com o produto Dental Kids ainda tem muitas conquistas pela frente!

Precisando de ajuda para contratar o Amil Dental Kids ?

Informe o seu telefone com DDD que nós ligaremos, ou preencha os dados solicitados e envie a sua mensagem, ou se preferir chame agora no Whatsapp.

13 + 10 =

BARDISAN – AMIL CORRETOR

Site Corretor Habilitado Amil. Corretor responsável também registrado na Susep – 200352691.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Amil Dental-Selo-Corretor-Habilitado

 bandeiras-cartões-de-crédito logo-site-protegido-e-seguro

ans-logo

ENDEREÇO

Rua Dom José de Barros, 264
República- São Paulo / SP – 01038-100

Share
error: